Dicas, Moda

Fashion Revolution – você conhece esse movimento?

22 de abril de 2020
Tempo de leitura 2 min

Certamente você já viu nas redes das suas marcas preferidas a campanha “Quem Fez Minhas Roupas”. Essa campanha revela como são os processos de produção de roupas e quem está por trás de toda a cadeia de produção e consumo de moda. Ela surgiu dentro de um movimento chamado “Fashion Revolution”, que foi criado por um conselho global de profissionais da moda sensibilizados com o desabamento do edifício Rana Plaza em Blangadesh, onde trabalhavam cerca de 3.000 pessoas e 1.134 morreram, em 24 de abril de 2013.

A tragédia revelou as terríveis condições de trabalho das vítimas que produziam roupas para marcas globais como H&M, Walmart e Gap, mostrando ao mundo que diversas empresas naquela região toleravam condições de trabalho análogas à escravidão, permitindo trabalho infantil ilegal e ignorando os termos de segurança no trabalho.

Com um acontecimento tão triste para a história da moda se tornou impossível fechar os olhos para o verdadeiro custo da moda e o impacto da sua cadeia de produção ao redor do mundo. Por isso anualmente, no dia 24 de abril inicia a Semana Fashion Revolution, movimento que busca reflexão dos consumidores sobre a origem das roupas através da conscientização sobre os processos de produção fabril, lembrando dos impactos ao meio ambiente e das condições de trabalho dentro das fábricas de confecção.

Diversas marcas em diferentes lugares do mundo estão engajadas ao movimento, realizando campanhas que promovem mudanças de mentalidade e comportamento em consumidores, empresas e profissionais da moda.

 “A moda é uma força a ser considerada. Ela inspira, provoca, conduz e cativa. O Fashion Revolution acredita no poder de transformação positiva da moda, e tem como principais objetivos conscientizar sobre os impactos socioambientais do setor, celebrar as pessoas por trás das roupas, incentivar a transparência e fomentar a sustentabilidade. ” https://www.fashionrevolution.org/south-america/brazil/

Em qualquer rede social e em qualquer momento do ano podemos acompanhar o movimento com as tags #FashionRevolution #QuemFezMinhasRoupas e #DoQueSaoFeitasMinhasRoupas e para participar podemos questionar as marcas que consumimos com uma foto mostrando a etiqueta de uma peça que está vestindo perguntando #QuemFezMinhasRoupas ?

Você não acha interessante descobrir como suas roupas foram feitas e quem está por trás das etapas de produção delas? Então use a tags e questione!

No Instagram da Libidus você pode acompanhar um pouco do funcionamento da fábrica, e quem são as pessoas que fazem a mágica acontecer.

 

 

 

 

Édina Müller

Assistente de Criação da Libidus
Graduada em Design de Moda e Especialista em Modelagem e Confecção

Você também pode gostar

1 comentário

  • Responder Rosa 23 de abril de 2020 at 19:23

    Muuuito legal!!

  • Deixe um comentário

    Scroll Up