Dicas

5 dicas de como manter uma alimentação saudável no inverno

14 de julho de 2020

Está notando que sente mais fome em dias frios e tem tido preferência por alimentos mais calóricos?

Pode ser que nesse momento você esteja preocupada (o), pois além de estar mais em casa, onde tem a oferta dos alimentos, ama cozinhar, também tem a baixa temperatura que chama por alimentos mais energéticos, de preferência aqueles ricos em gorduras e carboidratos.

Em dias frios, queremos comidas quentes e temos a sensação de sentir mais fome. Isso acontece porque nosso organismo precisa de mais energia para manter a temperatura corporal, porém gastamos mais energia, em torno de 10% a mais de calorias no inverno para nos manter aquecido. Mas isso não é motivo para comermos muito mais e servir de desculpa que aumentou as gordurinhas. Mas fique calma, preparei algumas dicas importantes para você manter uma alimentação saudável no inverno, sem deixar de aproveitar as delícias que o inverno nos proporciona!

Dica 1: Melhore sua imunidade

Aumente a ingestão de água, verduras e legumes, frutas, de preferência ricas em vitamina C diariamente. Aproveite as frutas da estação, como laranja, bergamotas, limão.

Dica 2: Fracione mais as refeições no inverno

Distribua as refeições ao longo do dia, assim você não exagera na próxima refeição. Dê preferência a carboidratos complexos (aveia, grão integrais) e gorduras boas (peixes, nozes, castanhas, azeite) e proteínas magras (leites e derivados desnatados, carnes magras, peixes e leguminosas, como ervilha, feijões, grão de bico).

Dica 3: Mantenha o equilíbrio

É normal reunir-se com a família para saborear uma pizza ou chocolate quente ou fondues, mas se você fracionou bem as refeições ao longo dia, talvez não chegue nessa refeição com tanta fome, certo?  Outra ideia é fazer trocas inteligentes – por exemplo, substitua o chocolate ao leite, pelo amargo (mais de 70% de cacau), troque alimentos integrais pelos desnatados. Pense: não é porque tem comida disponível que você tem que comer!

Dica 4: reconheça a sua fome

Avalie qual sentimento que sente por trás da fome, quais os gatilhos que levam você a comer, se é ansiedade, stress ou fome. Se for fome, coma, se for ansiedade, desvie a atenção da comida, faça algo prazeroso, algo que você goste, uma leitura, escutar uma música, ligar para alguém que você ama e dizer o quanto você é grato por ela. Sempre atento aos sinais que o corpo está te dando!

Dica 5: Pratique exercícios físicos

Com orientação de um profissional da educação física, faça treinos regulares. Eles ajudam a aquecer nosso corpo, melhoram nossa imunidade, são prazerosos e ainda ajudam a queimar as indesejáveis gordurinhas.

Bônus: receita nutritiva e saudável que combina com o frio

Creme de Ervilha

Ingredientes: 1/2 cebola picada em cubos pequenos; 2 dentes de alho picadinhos; 1 fio de azeite. Refogue tudo e reserve.

No liquidificador: bata 2 xícaras de ervilha cozida + 1 xícara de caldo de legumes (guardo o caldo quando cozinho os legumes) e sal e cheiro verde à gosto. Depois de batido acrescente na panela que havia refogado a cebola e o alho, cozinhe por alguns minutos (até engrossar, uns 10min) e depois leve para o liquidificador novamente. Estará pronto, pode ser consumido quente ou frio. Pode ser acompanhado de torradinhas. Bom apetite!

 

Gostou das dicas? Então siga @daiaradedavid no Instagram e saiba mais dicas de como ter uma alimentação saudável e prazerosa, sem radicalismo, ou contate pelo fone e agende sua consulta online (55) 997120349.

 

Daiara de David
Nutricionista CRN 13020

You Might Also Like

1 Comment

  • Responder Amanda 24 de julho de 2020 at 14:25

    quando se pratica exercícios físicos é ótimo para o pós treino se alimentar com frutas ricas em vitaminas ajuda na recuperação e nutri o corpo é maravilhoso

  • Leave a Reply