Dicas

“A vida e a história de Madam C.J. Walker” – o seriado que você precisa assistir

31 de março de 2020

Boa parte do Brasil está em casa, de quarentena, por um bem maior. Nesses dias de isolamento social, sobra tempo para maratonar seriado na Netflix. Que atire a primeira pedra quem não largou tudo para passar pelo menos um dia fazendo isso! Não se culpe, você não precisa ser produtiva o tempo todo.

A dica do dia é uma série disponível na Netflix que traz uma história de superação e inspiração. Muito comentada e aclamada pela crítica, nós também assistimos “A vida e a história de Madam C. J. Walker” e estamos aqui para te dizer: sim, vale a pena assistir.

Em quatro episódios, conta a história da primeira mulher a ficar milionária nos Estados Unidos, contando apenas com o próprio trabalho, sem ter herdado fortuna. O que deixa a história ainda mais emocionante é o fato de se tratar de uma mulher negra.

O início da história de empreendedorismo se passa no início século XX. Uma época em que mulheres eram vistas apenas como mães e donas de casa, sem direitos e sem liberdade para expressar opiniões. Além disso, a abolição da escravatura era recente e negros eram tratados como inferiores pela elite branca.

No meio deste cenário, Sarah Breedlove, filha de escravos, que trabalhava como lavadeira, conheceu através de uma amiga uma linha de produtos capilares desenvolvida especialmente para mulheres negras. Logo ela quis trabalhar com as vendas do produto também, porém a oportunidade foi negada. Buscando empoderamento, Sarah desenvolveu a própria marca de produtos. Com as vendas, ela abre um salão de beleza e começa a empregar mulheres tanto como cabeleireiras quanto como vendedoras.

Octavia Spencer interpreta Sarah Breedlove

O grande sonho de Madam C. J Walker era ter uma fábrica e vender seus produtos em grande escala, e levar oportunidade a várias mulheres. Ela conseguiu o feito, chegando a treinar milhares de mulheres no auge da companhia. Sarah se destacou também pelas ações filantrópicas e pelo ativismo contra o racismo.

A série é baseada no livro “On Her Own Ground”, de A’Lelia Bundles, e mostra as adversidades que a empresária enfrenta para realizar seu sonho, com acertos e erros, persistindo mesmo quando ninguém acredita nela e muitos tentam fazê-la fracassar.

Vale a pena assistir a série e extrair o que há de bom na história!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply